primícias poéticas: Outubro 2009

primícias poéticas


domingo, outubro 18, 2009

herdeiros da terra e do fogo

Hoje meu querido e saudoso pai completaria 56 anos. Em memória dele, publico um seu poema que nesta semana me veio várias vezes ao pensamento: herdeiros da terra e do fogo, de seu último livro. Sem dúvida, um dos papéis que a Poesia tem representado em minha vida é o de manter sempre viva e renovada a minha antiga relação de amizade com meu pai. Os sonhos, quando verdadeiros, não envelhecem, não morrem, vivem mesmo independentemente de nós, alcançam outros corações. E meu velho se faz presente pelos seus ideais de amor e de esperança que transmitiu. Pretendo dar continuidade ao trabalho que ele começou na década de 70. Que a Poesia nos una além do tempo e do espaço e que sobreviva ao rancor do mundo.

herdeiros da terra e do fogo

não nos calam,
nem a mim,

nem aos nossos
herdeiros da terra e do fogo.

a esperança não se esvai
como um mero grito,
nem com baionetas perfiladas.

pátria antiga e de bocas atadas,
permita-nos ressurgir de suas veias feridas,
com a ternura e a humildade de quem ama.

da lapela de octavio roggiero neto às 7:35 AM | 3 poetas-leitores


sexta-feira, outubro 16, 2009

brincando de nada

saltita no lago
a pedra depois submerge
dois olhos no vago


- Haicai classificado para integrar o Projeto Pão e Poesia 2009

da lapela de octavio roggiero neto às 10:40 AM | 17 poetas-leitores


quinta-feira, outubro 08, 2009

levemente nas alturas


que, nesta manhã de vento,
a vida seja ultraleve,
que nos leve em pensamento
ao amor que nos eleve.


- Trova classificada para integrar o Projeto Pão e Poesia 2009

da lapela de octavio roggiero neto às 9:04 PM | 2 poetas-leitores