primícias poéticas: brincando de nada

primícias poéticas


sexta-feira, outubro 16, 2009

brincando de nada

saltita no lago
a pedra depois submerge
dois olhos no vago


- Haicai classificado para integrar o Projeto Pão e Poesia 2009

da lapela de octavio roggiero neto às 10:40 AM

17 Comentários
Blogger Keila Sgobi disse:

parece que o horizonte é infinito
luz azul no continuum do túnel
que se vai e esvai com o
pensamento

12:09 AM  
Blogger Aline disse:

E produz o vibrar no toque;

:*

12:12 AM  
Anonymous Bera disse:

Quando eu era pequeno dizia-se fazer pai e mãe, do vago o olhar ia pra um deles que observava e sorríamos diante do que pensávamos ser nossa habilidade, meras leis da hidrodinâmica e da geometria.
Abs, obrigado pelo post indignado. Vale!

4:31 PM  
Blogger Múcio Góes disse:

é quando pedra cria asa.

belo.

[]´s

i´m back!

www.traversuras.blogspot.com

1:07 PM  
Blogger Luzzsh disse:

Olá, querido amigo,

Como foi de carnaval? Espero que muito bem!....

Não importa que, vezenquando, os olhos se percam no vago; é natural. Olhos belos, levam pra onde quer que vão, a beleza neles...

Dizendo pouco, dizendo tudo. É isso, meu amigo, vc.

Beijos...

11:12 PM  
Blogger diovvani mendonça disse:

Caro amigo, é aquele arremesso em que a pedra sai "kicando" na flor d´água? Ainda brinco com isso. AbraçoDasGerais.

E.T.:
Fiquei comovido, por você ter chamado sua mãe e sua irmã para lerem aquele meu escrito lá no "Poeminhas..."

Abraço para elas também, viu? Qualquer dia, a gente ainda se vê.

1:19 PM  
Anonymous Pedro Pan disse:

, vários olhares em o lago... ou algo...
|abraços meus|

1:25 PM  
Blogger Jéssica disse:

O olhar entrega tudo.
Beijo e bom fim de semana*.*

8:55 PM  
Blogger Cristiano Contreiras disse:

Olhos que vêem o inusitado?

2:45 PM  
Blogger Poemas e Cotidiano disse:

Que lindo Otavio!
Amei!
Bjs
MARY

4:22 PM  
Blogger Jefferson de Souza disse:

...o ponto onde tudo converge

6:39 PM  
Blogger Césped Vesper disse:

O simples é sempre o perfeito!
Parabéns!

10:25 AM  
Blogger Rayanne disse:

Dois olhos ao largo
E a pedra funda, no lago
Tal qual pensamento.

***Estrelas saudosas***

2:30 PM  
Blogger Leandro Jardim disse:

os olhos no lago
vagam
os olhos no vago
alagam

adorei!

abraço Jardineiro

1:31 PM  
Blogger Paulo: Osrevni disse:

Esses haicais são deliciosos!

4:33 PM  
Blogger remosaraiva disse:

Concordo com o Paulo: seus haicais são esplêndidos!


Abraço forte!!

REMO.

11:33 PM  
Blogger Cláudia disse:

e qdo. vagamos,
encontramos
aquilo que nem procuramos


beijos

2:07 PM  

Postar um comentário

<< Home