primícias poéticas: Março 2008

primícias poéticas


domingo, março 30, 2008

fragmentos

sob um capacho pisado
sou estilhaços de um louco varrido
machucado, todo fodido
um brilho desperdiçado
num canto esquecido

estou vidrado na escuridão

da lapela de octavio roggiero neto às 12:33 AM | 1 poetas-leitores


sexta-feira, março 28, 2008

interruptor


o dia se recolhe
e se despe
de sorrisinhos educados.

sombras tomam corpo
e espicham até virar noite,
altas horas.

o cansaço deita, rendido,
e tudo se apaga de vez...

...até outro dia.

da lapela de octavio roggiero neto às 11:53 PM | 1 poetas-leitores


quarta-feira, março 26, 2008

o diabo A4

é branco o inferno que vejo:
como uma A4 é infinita...
nada vem, nem um lampejo,
enquanto o silêncio grita!

da lapela de octavio roggiero neto às 5:51 PM | 0 poetas-leitores


domingo, março 23, 2008

com a cabeça nas nuvens

quando empina sua pipa,
esvaziando o carretel,
o menino participa
da imensidade do céu.

da lapela de octavio roggiero neto às 9:40 AM | 2 poetas-leitores