primícias poéticas: Setembro 2009

primícias poéticas


sexta-feira, setembro 25, 2009

discutindo o relacionamento

alma gêmea
ou
há uma algema?


- Poema publicado no plástico bolha, jornal de literatura contemporânea.

da lapela de octavio roggiero neto às 12:14 AM | 9 poetas-leitores


sábado, setembro 19, 2009

o cara de paisagem

mote

andar chutando o rasinho,
na praia, pra espairecer.
espraiar-se no caminho,
ser um grão no entardecer.



ando na praia, espraiando-me
numa leve impressão do que me ternura
passo a tomar nota de coisinhas à-toa

destino-me aos ventos sem destino
e me presenteio nuns momentos escrevendo

sigo sempre a esmo, lesmeando
assim delongo o caminho dando causa pro acaso
multiplicando a tarde até o indefinido

gosto quando o céu se tatua de nuvens sugestivas
mas o mais curioso é o destampar canetas pro inenarrável:
poeta é assim...

como a brisa com cheiro de longes
sei que é sutil o que nos acomete de amenidades

na verdade, sonhei somar-me dos outros
até me reconhecer somente como humanidade

na praia, imensifico-me
quando relembro minha estatura de grão

tudo nos conformes de qualquer forma

teimei teimei teimei
até que não consegui palavrear a paisagem
acabei me paisageando
precisava disso

por hoje é sol!


Mongaguá
verão de 2007



- Poema vencedor do Festival Poético Sesc Cornélio Procópio, realizado este ano, no Paraná, na comemoração de sua 25º edição.
.
- Intrigante uma imagem que vi, tempos depois de ter escrito o cara de paisagem: os versos do poema, da forma como estão dispostos, retratam a marca das águas marítimas na praia, quando recuam.

da lapela de octavio roggiero neto às 8:06 PM | 7 poetas-leitores


terça-feira, setembro 01, 2009

Exposição Aspectos Urbanos - Iara Abreu

Segue aqui uma sugestão para quem anda pelas cercanias de Minas. A artista plástica Iara Abreu nos apresenta Aspectos Urbanos, exposição por meio da qual promove uma interface entre artes plásticas e Poesia.
.
Iara Abreu é a ilustradora do meu primeiro livro primícias poéticas. Integram a exposição 3 poemas de minha autoria: a espera que virou prelúdio, dechover e multiplicidades.

A exposição foi por primeiro vista na Biblioteca Estadual Luiz de Bessa; depois, na Regional Barreiro; posteriormente, no Via Shopping; e agora pode ser visitada na Biblioteca Municipal de Belo Horizonte.

A antologia Aspectos Urbanos de poemas ilustrados está crescendo e sua mentora pretende percorrer outros lugares e agregar mais poetas.

e-mail para contato com Iara Abreu: iluarti@ig.com.br




Iara Abreu

convida para a exposição

Aspectos Urbanos

Desenhos, Pinturas, Objetos e Poesia


Período da exposição: 08 a 30 de setembro de 2009
Visitas: 2º a 6º feiras das 9 às 17:30 horas
Sábado e domingo das 9 às 12:15 horas

BIBLIOTECA PÚBLICA INFANTIL E JUVENIL DE BELO HORIZONTE

Rua Carangola, 288, Térreo, Santo Antônio Belo - Horizonte, MG
A Rua Carangola é contínua da Rua Bahia

A artista apresenta ao público 89 poemas de 51 autores contemporâneos que gentilmente cederam ou conceberam poemas especificamente para a exposição. Os poemas foram ilustrados, dialogando com os textos, que dialogaram com as imagens e temas da exposição.

da lapela de octavio roggiero neto às 9:27 AM | 1 poetas-leitores