primícias poéticas: kama sutra

primícias poéticas


quarta-feira, junho 11, 2008

kama sutra

nada como nossa cama
pra inventarmos louco abraço:
é nela que a gente se ama,
confundindo perna e braço.

da lapela de octavio roggiero neto às 7:29 PM

2 Comentários
Anonymous Bera disse:

tantos amores
e 0 poetas leitores?

Abs, cuidado com os nós do kamasutra, vai saber de quem é o braço e de quem a perna é....

8:54 PM  
Blogger Poesia! disse:

bom dia!
gosto muito do seu blog!
sou adm. do blog “o fogo anda comigo”(thefirewalkswithme.blogspot.com).
o blog tem como ideal um SARAU AMPLIFICADO onde TODOS divulgam suas ideias e, o principal, poemas.
gostaria de ser um parceiro seu!
me responda no email ofogoandacomigo@yahoo.com.br.
OBRIGADO!

10:21 AM  

Postar um comentário

<< Home