primícias poéticas: refúgio

primícias poéticas


quarta-feira, abril 30, 2008

refúgio

seu colo é meu paraíso,
o melhor lugar do mundo,
nele deito com sorriso
e adormeço num segundo.

da lapela de octavio roggiero neto às 12:29 PM

1 Comentários
Blogger Ellemos disse:

Lindinho!

11:18 PM  

Postar um comentário

<< Home